Avançar para o conteúdo principal

Naperon oval, com pássaros e com ninho

Não guardei esquemas, fiz em linha nº 20.


Comentários

  1. Menina... Que blog mais charmoso... Sua arte é linda... Um verdadeiro mimo...
    Sempre quis aprender croche, admiro muito quem faz.
    Já estou te seguindo...
    Um beijo!!!

    ResponderEliminar
  2. Também faço parte do blogueiras unidas e estou visitando o seu grupo.
    www.pequenosmimosdapri.blogspot.com
    bjs

    ResponderEliminar
  3. olá, seu blog e trabalhos são maravilhosos. Ah! Sim sou da parceria Blogueiras Unidas, sou do vigésimo primeiro grupo. Assim que puder venha conhecer o meu e me siga.
    Um grande abraço
    celiarteartesanatos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Oi amiga vim retribuir sua visita e dizer que você me fez muito feliz indo no meu cantinho. Muito lindos os seus trabalhos. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Oi colega.
    Belíssimo napereon.alias seus trabalhos são formidáveis,
    bjtos.Nile

    ResponderEliminar
  6. Olá
    Você sabia que LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), que é o idioma em que os surdos se comunicam, é a segunda língua oficial do Brasil?

    Com objetivo de expandir a língua de sinais um grupo de professores e alunos da escola Lauro Müller em Florianópolis criou o BLOG VEJO VOZES e por conta disso estamos aqui lhe convidando para fazer parte da nossa história.

    Se você entende que nosso país precisa de educação com qualidade e que a inclusão é um direito de todos, venha nos conhecer. O endereço é:

    http://eeblmlibras.blogspot.com/

    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
  7. Agradeço todos os carinhos.

    Kekel pode ver aqui, lado esquerdo seu "Selo".

    Beijinhos de Portugal

    ResponderEliminar
  8. Olá querida!
    Amei seu blog!É tudo de bom...Aproveito para convidar para visitar meu cantinho e seguir se quiser...Será um imenso prazer...Já te sigo.BLOGUEIRAS UNIDAS.Bjim no coração.Crica Vaccari
    http://criseducando.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais vista:

Tutorial como fazer capa de livro

Resultado:

1º - Cortar o pano no tamanho do livro, deixando margens com cerca de 2 cm no cimo e em baixo, para meter a capa dentro, deixar cerca de 5 cm, de cada lado.
Começar por fazer, uma beira a todo o lado com cerca de 1 cm, (na foto abaixo, já tem a beira a toda a volta):


2º -No ponto (1º e 2º) do cimo e de baixo, virar para dentro até ás extremidades do livro, vai ficar no interior, costurado no próprio tecido, só no fim de costurado virar os pontos (3º e 4º) dos lado para dentro e só cozer ao cimo e em baixo.  Conforme fotografias:






3º Conforme a 1ª foto, enfia-se a aba do livro, levanta-se as folhas todas do livro na vertical  e vira-se a outra aba, conforme o restante pano de sobra, marca-se com um alfinete. Costurar conforme se procedeu na outra aba.


4º Enfiar ambas as abas no livro e ver, se está na medida, arrematar as linhas.
5º Retirar a capa do livro para cozer o botão , fazer o cordão de croché e bordar.

Esquema do bordado:



Esquema do segundo bordado:




Esquema da cruz…

DOCE DE DIOSPIRO

Que fazer com tantos dióspiros ou caquis? Solução: fiz doce

Ingredientes:

1 kg de diospiros
1 kg açucar
1 pau de canela

Preparação:

Lavei os diospiros e com uma faca retirei as peles e os pés.
Verti numa taça a polpa e triturei com a varinha mágica até ficar delido. Em seguida, coloquei o pau de canela e o açucar num tacho com 1 dl de água, levei ao lume até fazer ponto médio. Verti o dióspiro, na panela, mexi sempre até ficar mais espesso o doce. Verti em frascos esterilizados; como esterilizar frascos? Clicar Aqui Ficou uma delícia!

Pão Doce (Receita Original – Do norte de Portugal)

1 kg farinha 12 ovos = 11 gemas + 1 ovo inteiro 150 gr manteiga 100 g fermento de padeiro 250 dl. De água 300 gr açúcar Pau de canela q.b. Casca de limão q.b. Casca de laranja q.b. Banha de porco (1 colher de sopa) Vinho do porto e sal q.b.
Ferve-se a agua ( um pouquinho acima da medida para ficar com o aroma das cascas) com o pau de canela, casca de limão e casca de laranja, depois de estar bem cozido, retira-se do lume, mete-se a medida certa para outro tacho (Só a agua).  Em seguida adiciona-se o sal, o açúcar, a banha, o vinho do porto e um pouco de sumo de laranja e a manteiga, deixar ferver até derreter as gorduras. Apaga-se o lume e reserva-se a calda.



Amassa-se o fermento num pouco de farinha e deixa-se levedar, enquanto isso batem-se os ovos, mais ou menos 20 minutos (até ficar o dobro e quase brancas).


Amassa-se a restante farinha com o fermento, junta-se a calda morna e amassa-se bem, por fim junta-se os ovos e amassa-se até a massa ficar macia e não colar aos dedos (se fo…