12.11.15

Entre Marceneiro e Carpinteiro e suas ferramentas de ofício.

As artes de antigamente, muito requintadas em comparação com a nossa década, são um acumulado de experiência transmitida de geração em geração, construíam as suas próprias ferramentas consoante as necessidades.
Os ferros das ferramentas de corte guiado são dignas de admiração pela sua perfeição, e resultados finais em grandes obras minuciosamente projectadas, o gume de ferro é ajustado de modo a estar marginalmente exposto em relação á base o que permite devastar a peça de madeira, retirando fitas até ao alisamento final.

Revirando, novamente os cantos pela casa, encontrei as peças por mim estimadas e envernizadas.


A Garlopa ( grande )e a plaina ( mais pequena), que serve para desbastar a  madeira.




O  Guilherme peça que serve para rebaixar, ou modelar com diversos relevos diferenciados pelos ferros aplicados.







A Guimbarda (ver aqui) uma fresa manual muito antiga, usado para lavrar o fundo das caixas e ranhuras de lâmina. É também conhecido como "Escova tupi".



O graminho é uma ferramenta de medição para traçar linhas paralelas.





Sem comentários:

Enviar um comentário